O Brasil está, na atualidade, em uma encruzilhada: de um lado uma violência demasiada e chocante, sobretudo no RJ e em SP e já se espalhando pelo resto do Brasil. Pergunta-se: não será a causa a injustiça social, pessoal e comunitária da imensa pobreza e miséria nacionais a causa, enquanto, o Bradesco, o itaú e os grande bancos têem lucros fabulosíssimos, assim como empresários, empreiteiros e gente desse porte lucra bilhões ou até trilhões, milhares e milhares de desempregado, de pobres, de excluídos totalmente estão nos morros, favelas e periferias roubando e matando para sobreviverem? Não estou justificando crimes mas analisando as causas pelas quais a violência chega a esse ponto.

Como se pode falar desses criminosos se o governo ou melhor, o Estado, através dos 3 poderes está completamente corrupto, corrompido e corrompendo. É essa a elite brasileira que pode falar dos pobres, miseráveis criminosos? Se não houver uma re-distribuição de redas e uma reformulação política profunda que castigue a todos, o Brasil não terá destino e nem futuro.

Germano Machado

About these ads