De Durkheim a nossos dias


De todas as formas de violência existentes, a mais nociva e daninha é aquela em que o homem resguarda para outro dia, ao contrário dos animais; os animais não acumulam agressividade para outro momento, é o mesmo homem pode pronunciar palavras ásperas com voz doce e mansa, ao passo que guardam suas ações violentas e más para num outro dia executar uma ação violenta, calculada meticulosamente contra seu próximo.

As anomias sociais foram descritas por Durkheim quando este estava buscando descrever os comportamentos sociais. Relativamente, as esferas da sociedade, em sua base, usam a coercitividade como ferramenta de controle social. Utilizam as instituições para conservarem a essência de seus conceitos: família, escola, polícia ou qualquer outra, coordenadas pelo governo, elas agem fazendo força contra as mudanças, pela ordem, conservação da paz e da manutenção de seus interesses financeiros.

Compreendendo as posições de Durkheim podemos estabelecer critérios de controles facilitadores da convivência entre homens, nações e tribos. Conseguintemente onde acontecer um lapso haverá ruptura na harmonia. O equilíbrio entre a obediência e as regras impostas pela sociedade estão dentro de um padrão claro: satisfação de interesses. Indivíduos sem seus interesses satisfeitos terão comportamentos adversos aos declarados nesta divisão de trabalho do controle social.

A conclusão estabelecida por Durkheim é que o indivíduo satisfeito se sentirá parte de um todo, no qual, este todo social, organizado com uma forma orgânica, interiorizada e não meramente mecanizada necessita dele e se transforma no que é devido a sua existência. Quando a violência se instala, seja ela oficial ou marginal, nada mais é do que efeito, reação da sociedade machucada, ferida, alijada de seus direitos, desrespeitada por seus administradores.

Caetano Barata – Poeta, ativista cultural em Simões Filho e Conselheiro do CEPA

Anúncios

Grato por sua participação!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s