Introdução e papel do árbitro no Xadrez


Extraído de Clube de Xadrez Online

As Leis de Xadrez não podem abranger todas as situações possíveis que possam surgir durante uma partida, tampouco podem regular todas as questões administrativas. Aonde casos não estiverem regulamentados por um Artigo das Leis, deve ser possível chegar a uma decisão correta, analisando situações análogas discutidas nas Leis. As Leis supõem que os árbitros têm a competência, o julgamento idôneo e a objetividade absoluta, necessárias. Detalhada demais, uma regra pode tirar do árbitro a liberdade de julgamento e assim impedi-lo de encontrar a solução para um problema ditado pela justiça, lógica e fatores especiais.

A Fide incita todos os enxadristas e federações de xadrez a aceitar este ponto de vista.

Uma federação filiada pode introduzir regras mais detalhadas, desde que:
a) não sejam conflitantes, de nenhuma maneira, com as Leis do Xadrez oficiais da Fide;
b) sejam limitadas ao território da federação em questão; e
c) não sejam válidas para qualquer match, campeonato ou torneio classificatório da Fide, ou para um torneio da Fide válido para a obtenção de rating ou títulos

Artigo 13. Do Papel do Árbitro

13.1 O árbitro deve fazer cumprir as Leis rigorosamente.

13.2 O árbitro deve agir no melhor interesse da competição. Ele deve assegurar um bom ambiente de jogo, e evitar que os jogadores sejam perturbados, uns pelos outros, ou pelo público. Ele deve supervisionar o progresso da competição.

13.3 O árbitro deve observar as partidas, especialmente quando os jogadores estão apurados no tempo, fazer cumprir as decisões que tenha tomado e impor penalidades aos jogadores, quando apropriado.

13.4 As penalidades incluem:
a) uma advertência,
b) adição ao tempo do adversário,
c) redução do tempo do jogador infrator,
d) declarar a partida perdida,
e) expulsão do evento.

13.5 O árbitro pode conceder tempo adicional a ambos os jogadores, no caso de distúrbio externo.

13.6 O árbitro não deve interferir numa partida para indicar o número de lances feitos, exceto quando aplicando o Artigo 8.5, quando pelo menos um jogador usou todo o tempo que lhe é permitido. O árbitro deve se abster de informar um jogador que seu adversário fez um lance, ou que ele não acionou o relógio.

13.7 Espectadores e jogadores de outras partidas não devem interferir ou falar sobre uma partida. Se necessário, o árbitro pode expulsar os infratores do salão de jogo.

Anúncios

Grato por sua participação!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s