Raif Badawi condenado a 600 chibatadas na Arábia Saudita


Ariane Saraiva – Formada em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade da Cidade do Salvador.
Ariane Saraiva – Formada em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade da Cidade do Salvador.

Raif Badawi, blogueiro, de 31 anos foi condenado a sete anos de prisão e 600 chibatadas pelo Tribunal Criminal de Jeddah.

Pra que ser tão severo, pra que 600 chibatadas, só a prisão não bastava? Badawi fazia criticas a autoridades religiosas do país. Será que pessoas, cidadãos não tem o direito, a liberdade de expressão, não podem escrever o que pensam sobre as autoridades… Seja um elogio ou crítica? Badawi foi formalmente acusado de ’’insultar o Islã por meios eletrônicos’’ e ‘’desobediência’’.

Sabemos que se fosse em outros países a chibatada não aconteceria, e sim a prisão, o pagamento da fiança, o trabalho comunitário ou a morte direta. Será que escrever ou falar a verdade hoje em dia é crime? A verdade tem que ser dita seja ela pra quem for, ou então teremos que menti para não morrer? Badawi, quando escreveu essa criticas em seu blog, certamente, ele sabia das consequências e que teria para ele e, também, dos riscos que ele estava correndo, ainda mais no país em que ele está a Arábia Saudita.

Mas, pra que essa punição excessiva, severa demais? Quem aguenta 600 chibatadas? Que país é esse?

Anúncios

Grato por sua participação!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s