França condena ataque contra quartel da ONU no Mali


Da Agência Lusa

A França condenou hoje (8) o ataque contra um quartel da missão da Organização das Nações Unidas (ONU) para a estabilização do Mali (Minusma) em Kidal, no norte do país. Houve três mortos.
Em comunicado, o Ministério dos Negócios Estrangeiros francês transmitiu os pêsames às famílias das vítimas e às autoridades do Mali.

“A França apoia plenamente a Minusma na missão de estabilização no Mali”, esclarece o documento.

Um militar das Nações Unidas, natural do Chade, e dois civis do Mali morreram na sequência do disparo de mísseis contra o quartel da ONU em Kidal, que fez ainda três feridos, entre eles, uma criança.

O ataque registrado hoje aconteceu 24 horas após cinco pessoas – um francês, um belga e três cidadãos do Mali – terem sido assassinadas em Bamako em um atentado terrorista em um bairro da capital do país, frequentado por estrangeiros.

No sábado, o presidente francês François Hollande falou ao telefone sobre o assunto com o chefe de Estado do Mali, Ibrahim Bubacar Keita, tendo decidido tomar “medidas comuns para reforçar a segurança do Mali”.

Amanhã (9), o chefe da diplomacia francesa, Laurent Fabius, recebe em Paris o ministro dos Negócios Estrangeiros do Mali, Abdulaye Diop. Eles vão analisar as recentes ameaças e ataques que se registram no país africano.

Anúncios

Grato por sua participação!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s