Diretas a Satanás (In Poesias Gospel)


O teu desprezo não significa nada.
A tua desgraça não pode tocar-me.
O teu ódio não me alcança também.
A tua putrefação não me incomoda.

As tuas escolhas não são as minhas.
Você segue para o inferno
e as más intenções.
Eu busco o céu e as boas intenções.

Não temos nada em comum.
A sua surdez e avareza são pragas,
Pruridos carcomidos pela mentira;
As suas abominações são conhecidas de todos.

A tua vergonha pouco me interessa.
Porque as esconde sob um sorriso falso
E uma língua doentia; deslisas
Como uma serpente no Saara.

Pouco importa tuas astúcias
Ainda que me prejudiques;
Não podes me tocar a alma
Guardada sob o sangue de Jesus.

Caetano Barata

Anúncios

Grato por sua participação!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s