Entrevista via email com a direção do Ajuricaua


ajuri cauaNo dia 30 de agosto de 2015, aconteceu nova versão do encontro cultural Ajuricaua. Com justa homenagem ao poeta e emancipador da cidade Jeronimo James.
1. O que representou para a cultura da cidade de Simões Filho o movimento Ajuricaua nos anos 2000?
Em 1998 quando iniciamos as atividades éramos apenas um grupo de jovens amigos, que gostávamos de arte. Fomos para a praça com a pouca estrutura de som que tínhamos, com o interesse de ver, ser vistos e colaborar com a cena local. O primeiro grupo que deu inicio ao movimento era formado pelo guitarrista Marco Fernandes, pelo maestro Heider Piedade, Tiago, o artista plástico Guegueiro, o locutor Alex Passos, o músico André Backtéria, Rosy Almada e Ailton Silvaiguerra.
Em poucas edições o movimento já havia tomado uma proporção de grande festival de artes mensal, artistas de toda região metropolitana já nos procuravam para apresentar-se e assim conseguimos com muita insistência, persistencia e resistencia marcar o final dos anos 90 e inicio dos anos 2000 como anos de florescimento da cultura na cidade.
2. Quais foram os artistas revelados neste período?
Muitos artistas das mais diversas áreas apresentaram-se nas várias edições do movimento, alguns estão até hoje em atividade. Vários atores, músicos deram saltos altos nas suas carreiras posteriormente. Escritores publicaram livros e dois locutores se destacaram em suas atividades profissionais, são eles Alex Passos que é um talentoso ator e locutor reconhecido em nossa cidade e Henrique Nascimento que participou da 3a fase do movimento no anos 2011 e 2012 e hoje é locutor de uma rádio com abrangência em todo país.
3. Quais os avanços da cultura na cidade dentro da perspectiva política?
Nossa política sempre foi a cultural, o movimento já recebeu apoio de outras gestões, não temos envolvimento com partidos. Sempre procuramos o poder público como apoiador, somos voluntários, estamos fazendo um serviço artistico-social para a comunidade sem interesse político partidário.
4. Qual a relevância neste processo da Secretaria de Cultura da cidade?
Quando o Valter Mangabeira assumiu a pasta ele teve a sensibilidade de convidar o Movimento para uma reunião onde ele garantiu apoio da Secretaria não só o Ajuricaua, mas outros eventos a exemplo do Mosaíco das Artes (feito pelo grupo de teatro Lapidarte). Grandes transformações podem ser feitas com pouca grana, só depende de vontade. Na verdade esse retorno do Movimento foi uma provocação do Secretário para os artistas. Ofereceu-nos a estrutura necessária (som e palco) e sentimo-nos na responsabilidade de tocar o projeto.
5. Quais e quantos artistas destacam-se na esfera cultural com produção independente na atualidade?
Um numero dificil de mensurar, mas quase tudo do que é produzido hoje na cidade é feito de forma independente, as vezes bem artesanal mesmo…
6. O Ajuricaua já possui projeto de lei para ser inserido no calendário de eventos da cidade?
Estamos num recomeço, ainda acertando os pontos… mas em breve pretendemos sim.
7. Qual o legado de ações culturais para as gerações futuras?
O legado de 18 anos atrás estamos vivendo hoje. É o respaldo perante ao poder publico, aos apoiadores, empresários, que sempre viram a seriedade e comprometimento com o social do Movimento.
O que plantamos hoje que sirva para os “sem palcos” apresentarem-se; para aquela criança que nunca foi a um teatro ver uma peça, ouvir uma música boa e por ai vai…
O Movimento existiu e existe porque há quem acredite nesses ideais de democratização da arte e fortalecimento da nossa cultura. Isso é o que fica…
8. O Ajuricaua tem pretensões de estabelecer-se ou já possui inscrição jurídica?
Estamos num recomeço, ainda acertando os pontos… Mas em breve pretendemos sim. (crt+c  crt+v)kkk
palco jeronimo james
Anúncios

Grato por sua participação!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s