O CEPA comemora o Dia nacional de combate a intolerância religiosa


O CEPA – Círculo de Estudo Pensamento e Ação comemorou no último sábado (21 de janeiro), o dia de rememorar a necessidade de discussão sobre as condições de tolerância religiosa de todos os vetores da nossa sociedade. A discussão foi conduzida por Roberto Rodrigues ( (Diretor Adjunto do CEPA, Diretor do Ilê Aiyê e Presidente do Movimento Negro do PDT da Bahia). A data foi instituída pela  Presidência da República em 2007, o dia 21 de janeiro como o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa. A regulamentação jurídica pela Lei nº 11.635, de 27 de dezembro de 2007, a data rememora o dia do falecimento da Iyalorixá Mãe Gilda, do terreiro Axé Abassá de Ogum (BA), vítima de intolerância por ser praticante de religião de matriz africana. A sacerdotisa foi acusada de charlatanismo, sua casa foi atacada e pessoas da comunidade foram agredidas. Ela faleceu no dia 21 de janeiro 2000, vítima de infarto.

Anúncios

Grato por sua participação!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s