Arquivo da categoria: Educação

Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude (SEJUV) esteve no Instituto Anísio Teixeira (IAT), na Reuniao de Avaliação e Acompanhamento do Plano Nacional Juventude Viva

A equipe da Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude (SEJUV) esteve presente no Instituto Anísio Teixeira (IAT), em Salvador, para Reunião de Avaliação e Acompanhamento do Plano Nacional Juventude Viva.  A cidade foi representada no encontro por David Farias (Superintendente de Juventude) e Matheus Bacelar (Gerente de Juventude). Simões Filho é administrada pelo prefeito Dinha e o vice Sid da E-mail, à frente da pasta da Secretaria, Sirliane Ribeiro.

SOBRE A REUNIÃO de Avaliação e Acompanhamento do Plano Nacional Juventude Viva

A reunião foi convocada pelo Governo Federal, por meio da Secretaria Nacional de Juventude (SNJ), para discutir e propor as novas estratégias para garantir a manutenção da vida e saúde dos jovens, sobretudo da população negra.

Os debates foram conduzidos por Helber Borges (Coordenador Geral de Políticas Transversais da SNJ) e Roseli de Oliveira (Coordenadora Geral de Políticas Temáticas de Ações Afirmativas da SEPPIR).

RESULTADOS

O Município foi contemplado com a implantação de uma turma do Programa Inova Jovem – Empreendedorismo pra Moçada da Comunidade, que vai capacitar jovens em situação de vulnerabilidade social, para que eles sejam protagonistas de sua história de vida, se insiram dignamente no mundo do trabalho e tenham atuação econômica relevante.

 

Anúncios

Escolas têm até amanhã para confirmar adesão ao programa Ensino Médio Inovador

eminovadorAs escolas de todo o país têm até amanhã (18) para confirmar a participação no programa Ensino Médio Inovador, do Ministério da Educação (MEC). A adesão ao Ensino Médio Inovador é realizada pelas secretarias de Educação estaduais e Distrital, que selecionam as escolas que participarão do programa. Essas instituições de ensino receberão apoio técnico e financeiro para a elaboração e o desenvolvimento de propostas curriculares inovadoras.

Segundo o MEC, todos os estados e o Distrito Federal aderiram ao programa. As escolas devem confirmar a participação pela internet, no site http://pddeinterativo.mec.gov.br. Nesta primeira etapa, as escolas vão apresentar as prioridades de trabalho e, em fevereiro do próximo ano, o planejamento detalhado de cada uma das atividades que serão oferecidas.

As ações propostas pelas escolas devem estar dentro dos seguintes campos: acompanhamento pedagógico em língua portuguesa e matemática; iniciação científica e pesquisa; mundo do trabalho; línguas estrangeiras; cultura corporal; artes; comunicação, uso de mídias e cultura digital; e protagonismo juvenil.

Estas ações devem ser incorporadas gradativamente ao currículo, ampliando o tempo na escola, na perspectiva da educação integral. O programa é oferecido a estudantes do ensino médio em duas modalidades: uma com o aumento da carga horária de quatro para cinco horas diárias; outra, de quatro para sete horas.

A edição atual do programa, de acordo com o MEC, está alinhada às diretrizes e metas do Plano Nacional de Educação (PNE) e à reforma do ensino médio proposta pela Medida Provisória 746/2016.

Segundo o MEC, para implementar a nova versão do programa serão investidos R$ 300 milhões. Pelas previsões, 7 mil escolas vão aderir ao Ensino Médio Inovador.

Edição: Juliana Andrade