Arquivo da categoria: Poesias

Orgasmo Mortal

Um louco desejo

arrebata-me, especula

a consciência dos meus atos.

Joga-me na direção

Das excreções do teu corpo:

Suor e hálito e humos orgásticos.

O que fazer para possuir esta

Louca vontade da mulher de

Entregar-se, de saciar-se sem

limites, sem traumas, sem tabus?

O que fazer para possuir o sorriso

do pré-gozo do gozo tão desejado

por todo ser humano mortal!

Ah! que vontade de imortalizar o gozo.

Caetano Barata

Anúncios